Como aprender inglês viajando para os Estados Unidos?


Viajar para os Estados Unidos ou qualquer outro país que tenha o inglês como língua nativa – seja para o Reino Unido, a Austrália, o Canadá ou a Nova Zelândia – poderá ajudá-lo a dar um salto de qualidade no seu inglês. Mas não se iluda pensando que não é necessário estudar inglês – nem que seja apenas para ter uma base – antes de sair do Brasil ou que, mesmo convivendo boa parte do tempo no exterior com brasileiros, irá ser uma boa experiência. É preciso mergulhar no idioma.

Você pode tirar bom proveito de sua viagem a partir de duas opções distantes: seja para aperfeiçoar seu inglês, caso você já esteja em um bom nível do idioma, ou para realmente aprender a língua, caso você não tenha tanta fluência assim. Treinar e praticar inglês antes da viagem é primordial para cada um deles!

Abaixo, dissecamos os pontos positivos de cada uma dessas duas experiências.

Viajar sabendo pouco inglês

Nesta opção, você viverá realmente em um ambiente de imersão na língua inglesa e, com certeza, dará um upgrade no seu nível de inglês. É interessante ressaltar a importância de realizar um intercâmbio para outro país, em que você estará convivendo com nativos na língua durante 100% do seu tempo de estadia. Pode ser difícil, no começo, a sua adaptação – não somente com relação à língua, mas também por causa da cultura -, mas é um tipo de experiência extremamente válida em todos os sentidos. Este é, sem dúvida, um dos métodos mais eficazes para se aprender e dar um salto de qualidade e no nível do seu inglês.

Viajar sabendo razoavelmente inglês

Este caso envolve viagens por um período mais curto de tempo – seja a passeio ou para realizar cursos de idioma por algumas semanas ou um mês – e com uma imersão não tão profunda no inglês e, consequentemente, sem um choque tão grande cultural e no idioma. Caso opte por isso, é importante que você tente conviver mais com nativos, pois assim terá uma experiência mais rica e gratificante. Neste caso, é importante lembrar que você estará indo aperfeiçoar seu inglês e que, por este motivo, você deve já ter estudado o idioma antes e estar um nível considerável.

Para facilitar a compreensão do inglês, você deve treinar com algum tempo de antecedência – o ideal seria, no mínimo, dois anos antes – o seu ouvido para esta língua. Com o ouvido treinado, você terá a pronúncia correta das palavras e expressões, além de conseguir se comunicar adequadamente em inglês. Deste modo, você já vai entrando na vibe do local, além de já ir se familiarizando. Isso evitará que você passe por perrengues durante a sua estadia no país.

Por isso, é importante assistir vídeos, filmes, documentários e séries em inglês, além de ouvir podcasts neste idioma. Sim, ao contrário do que se imagina, você deve se preparar antes de se aventurar em um novo país, com língua e cultura distintas e toda oportunidade é válida para isso. Como o foco desta viagem é no aprimoramento do inglês – e não no aprendizado – você conseguirá um bom resultado se estiver preparado para as situações – e possíveis conversações – que encontrar pelo caminho.

Além destes dois métodos, você pode buscar variações, independentemente de ser uma imersão total e de cabeça para que você saia do nível básico e dê um salto para a fluência, como no primeiro dos casos, ou algo de duração mais curta e com uma pegada mais de aperfeiçoamento da língua. Mas não deixe de lado o estudo e a preparação prévia para esta experiência que, como já esperado, será incrível!

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *