Dicas para aperfeiçoar o Inglês


Durante o processo de aprendizagem de uma nova língua, é comum se deparar com algumas lacunas de vocabulário, que nos passam a impressão de estarmos estagnados no inglês, de que não aprendemos o suficiente e de que ainda há um longo caminho a ser percorrido. Isso tudo pode causar desânimo, frustração, sensação de que nunca vai aprender e de que não é capaz de falar uma nova língua nos alunos, além de desestimulá-los a continuar no caminho do aprendizado contínuo. Este tipo de pensamentos, a negatividade e o pessimismo podem ser extremamente prejudiciais para quem está aprendendo algo, seja uma nova língua ou a execução de alguma tarefa.

Neste post, daremos algumas dicas para aperfeiçoar seu inglês e que servirão também como um estímulo para você continuar se aprimorando.

A boa notícia é que todo mundo é capaz de aprender inglês e continuar se aperfeiçoando e evoluindo sempre. Lembra-se que, quando você era criança e estava aprendendo o português, seus pais e parentes sempre os corrigiam, para que você aprendesse a pronúncia, a conjugação dos verbos e o vocabulário corretos? Digamos que esta situação é bastante próxima ao que o aluno que tem o sentimento de estagnação no inglês possui. Com o tempo, você foi aprendendo a se comunicar na língua portuguesa e, inclusive – posso apostar que -, de quebra, ainda corrige amigos, familiares e conhecidos, quando eles falam algo errado ou que não soe comum no português. Vale lembrar ainda que você está, constantemente, em fase de aprendizado, conhecendo novas expressões e palavras e expandindo seus conhecimentos.

Quando estamos em processo de aprendizagem, a todo momento nos depararmos com algo que não sabemos e que nos é desconhecido, uma vez que o aprendizado se dá aos poucos e dia após dia. Arrisco dizer, ainda, que essa é a melhor parte do aprendizado, pois podemos usar o sentimento de frustação para virarmos o jogo e, efetivamente, correr atrás do prejuízo.

Climb the mountain! Podemos enxergar também a evolução no inglês a partir de uma analogia: a da escalada de uma montanha, por um esportista ou alpinista. Imagine alguém que está escalando o pico do Everest. Ao invés de pensar “nossa, ainda tenho muito o que subir até alcançar o topo”, o alpinista deve ter em mente o tanto que já foi capaz de alcançar e conseguiu escalar e tirar proveito desse estímulo para chegar ao topo da montanha, utilizando esse sentimento a seu favor. Logo, troque o pessimismo pelo otimismo.

Tais lacunas no inglês aparecem pela falta de prática diária, pois não nos comunicamos nesta língua o tempo todo. Por isso, é importante treinar e reservar um horário por dia para praticar inglês, utilizando esta língua sempre que possível. Atividades como “palavras cruzadas”, a leitura de textos ou livros ou jornais em inglês podem ajudar você a continuar constantemente aprendendo. Be open minded! Mantenha sua mente sempre aberta e disposta a aprender e a desbravar o desconhecido, o novo. A internet é um celeiro bem fértil de materiais disponíveis para treinar e aperfeiçoar seu inglês.

É natural do ser humano aprender muito mais com os erros do que com os acertos e utilizarmos nossas dificuldades como um impulso, um estímulo para alcançar algo que desejamos. Não tenha medo de perguntar, quando surgir algum empecilho na língua, e de também procurar se expressar da melhor maneira que conseguir, utilizando descrições no lugar de expressões já estabelecidas, por exemplo. O segredo é não enxergar a ausência de palavras como uma barreira, mas ter em mente que você é capaz de aprender de outras maneiras e ir além.

Pois é, o fator psicológico é importantíssimo e adquire papel primordial para continuarmos motivados e aprendendo inglês.

1 Comment

  1. andrio da silva santos
    24 de setembro de 2016
    Responder

    Otimo curso sem palavras …

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *