Dicas para aprender e falar bem inglês


Aprender Inglês
Aprender Inglês

Com a finalidade de ajudar você na busca por um maior aperfeiçoamento e confiança no aprendizado do idioma inglês, selecionamos algumas – cinco, mais precisamente – dicas valiosas para quem deseja aprender inglês.

1. Pare de pensar em português

Uma das principais barreiras para os brasileiros e que atrapalham aqueles que estão aprendendo inglês é o de pensar em português e formular frases e diálogos a partir do que determina as regras da língua portuguesa. Acredite, pensar na nossa língua natal mais atrapalha do que ajuda o estudante.

O português e o inglês são línguas bastante distintas e, por isso, aconselhamos que o estudante tente deixar de associar palavras e frases com o português e pare de pensar na nossa língua enquanto tenta se comunicar em inglês. Isto facilitará muito seu progresso com a língua e na formulação de frases no inglês.

2. Não se prenda tanto à gramática

Entender a estrutura gramatical da língua é um ponto importante, sem dúvida, mas não é o único fator determinante para o conhecimento da língua. É preciso que haja um equilíbrio entre os estudos e a prática, procurando testar a língua no dia-a-dia, por meio da união entre o falar, ouvir e escrever, o que faz com que o aluno possa se “virar” em qualquer situação. Exatamente por este motivo que o Inglês do Jerry inova ao possibilitar ao aluno o aprendizado a partir da fala, escuta e escrita, simultaneamente, sem que haja a imposição de regrinhas boring.

3. Estude diariamente

Esta tip é importante para que você adquira familiaridade com a língua e, assim, caminhe rumo à fluência no idioma. A prática diária do inglês, mesmo que em alguns minutos ou em uma ou poucas horas, irá ajudá-lo a evoluir no inglês. Durante a realização de seus estudos, procure se concentrar ao máximo na lição e foque toda sua atenção no conteúdo que deseja aprender.

Como parte do estudo diário, o aluno pode ainda acrescentar músicas, áudios e textos em inglês para acostumar seu ouvido com a pronúncia e escrita corretas e ajuda-lo a captar as possíveis gírias da língua. Tente assistir filmes, seriados e programas de televisão em inglês, sem o auxílio da legenda. Isso tudo vai ajudá-lo a melhorar constantemente.

4. A resposta está na pergunta

Um macete do inglês que deve ser levado em conta pelo aluno é o de observar sempre a pergunta, uma vez que as respostas são geradas a partir do questionamento. Este truque é legal para que o aluno não se perca nas perguntas e respostas – caso não tenha certeza de como responder -, uma vez que a resposta é quase que gerada automaticamente.

Abaixo, alguns exemplos para ilustrar:

“Do you want to go to the movies?” “Yes, I do” ou “No, I do not”.

“Can she travel with me?” “Yes, she can” ou “No, she can´t”;

“Is it good?” “Yes, it is” ou “No, it isn´t”.

5. Não tenha medo de errar

Como já dizia o ditado: é errando que se aprende. Entenda que errar faz parte do processo de aprendizado, sendo extremamente necessário para que você evolua em uma dada atividade. Lembre-se que até mesmo quem tem o inglês como língua nativa comete gafes e erros e aceite que, uma vez ou outra, você vai encontrar dificuldades e limitações enquanto exercita seu inglês.  É importante também que o aluno pare de se enxergar apenas como uma pessoa que está aprendendo, mas como alguém que já fala e entende a língua – mesmo que não fluentemente. Assim, ganhará mais confiança e descobrirá que o inglês não é nenhum bicho de sete cabeças.

1 Comment

  1. Marcelo
    12 de setembro de 2016
    Responder

    Excelente

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *